This discussion is locked

Multicast

Unanswered Question
Nov 7th, 2011

com Henrique Reis

Leia a biografia

Bem vindo à discussão na CSC em Português. Esta é sua oportunidade de aprender e fazer todas as perguntas que queira sobre Multicast.

Henrique Reis faz parte do time de engenheiros consultores da Cisco na América Latina. Engenheiro de Redes formado pelo Mackenzie com mais de 10  anos de experiência em telecomunicações trabalhando em empresas como British Telecom (BT), EDS, HP entre outras. Certificado CCIE  (Routing/Switching), CCDA, CCNA, CCNP e NNCSS(Nortel Networks). Possui experiência profissional com  IP/MPLS, Protocolos de roteamento (OSPF/ EIGRP / BGP), Multicast  (PIMSM/ PIM-SSM / Multicast VPN) e tecnologias de Switching  (STP/ RSTP / MSTP / 802.1q / QinQ).

Atualmente compõe a equipe de Focused Technical Services (FTS) da Cisco.

Por favor use as estrelas para qualificar  as respostas e assim informar ao especialista que ele já respondeu adequada e satisfatoriamente sua pergunta.

Pode ser que Henrique não possa responder a cada uma das perguntas devido à quantidade que pode vir a receber. Relembramos que se houver qualquer pergunta que não esteja dentro do tema proposto, por favor a coloque no fórum adequado à ela.

Este evento estará aberto até o dia 17 de novembro de 2011.

Visite esta discussão frequentemente para conferir as respostas às suas perguntas.

I have this problem too.
1 vote
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Average Rating: 4.8 (7 ratings)
jorgegmrs Tue, 11/08/2011 - 10:22

Olá Henrique!

Muito legal a iniciativa..

Voltando à discussão..

Minha dúvida é como se processa o tráfego Multicast?

Um abraço,

Jorge Guimarães

hereis Tue, 11/08/2011 - 12:19

O trafego Multicast é tratado diferente do trafego unicast, pois no trafego unicast o roteador esta preocupado com o IP de destino do pacote, mas o mesmo não ocorre com o trafego multicast onde o destino é sempre um IP de grupo multicast. Nesse caso o roteador se preocupa com o IP da origem do trafego Multicast.

O roteador cria uma tabela de roteamento Multicast (mroute) onde tenho informações de interface de entrada, por onde o trafego Multicast é recebido e interface de saida onde tenho estações (IGMP Join) que reportam interesse nesse trafego multicast.

Para montar essa tabela multicast o roteador usa como base a tabela unicast para direcionar o trafego de entrada (originador do trafego Multicast) para a interface que é usada para chegar no IP da origem do trafego Multicast.

Os roteadores usam um protocolo (PIM) para criar as arvores de multicast (source tree e shared tree).

Um exemplo de tabela de roteamento Multicast:

sj-mbone> show ip mroute

Flags: D - Dense, S - Sparse, B - Bidir Group, s - SSM Group, C - Connected,

       L - Local, P - Pruned, R - RP-bit set, F - Register flag,

       T - SPT-bit set, J - Join SPT, M - MSDP created entry,

       X - Proxy Join Timer Running, A - Candidate for MSDP Advertisement,

       U - URD, I - Received Source Specific Host Report

Outgoing interface flags: H - Hardware switched

Timers: Uptime/Expires

Interface state: Interface, Next-Hop or VCD, State/Mode

(*, 224.1.1.1), 2w1d/00:00:00, RP 172.16.25.1, flags: SJC

Incoming interface: Serial0/1, RPF nbr 172.16.4.1     <<<<< Interface de entrada por onde o trafego Multicast é recebido

Outgoing interface list:

   Ethernet0/1, Forward/Sparse-Dense, 2w1d/00:01:40 <<<<< Interface saida por onde os pacotes são encaminhados

   Serial0/0, Forward/Sparse-Dense, 00:4:52/00:02:08

jorgegmrs Fri, 11/11/2011 - 06:05

Aproveitando sua resposta, qual a diferença entre Source Tree e Shared Tree?

Obrigado!

hereis Sun, 11/13/2011 - 07:27

Jorge,

Boa tarde,

Source Distribution tree ou Shortest Path Tree é uma das maneiras que o Multicast usa para criar a topologia até o originador do trafego Multicast. Na SPT (Shortest Path Tree) o "root" da topologia é o "source" (estação que gera o trafego Multicast).

No SPT temos a denominação (S,G)

S - Soure

G - Grupo Multicast

Na shared tree temos o root da topologia Multicast um ponto central da rede conhecido como Rendezvous Point (RP). É função do RP distribuir o trafego do "source" para os "receivers".

Na shred tree temos a denominação (*,G)

*  - Indica qualquer "source"

G - Grupo Multicast

Caracteristica do SPT (S,G) usa mais memoria pois cria uma SPT para cada origem (source). Na Shared Tree (*,G) temos apenas uma "arvore" para o respectivo Grupo Multicast.

Marcelo Vieira Fri, 11/11/2011 - 09:53

Henrique,

Como fazer redundância de RP para um mesmo grupo Multicast?

Obrigado,

Marcelo

hereis Sun, 11/13/2011 - 07:51

Boa tarde Marcelo,

Segue um exemplo de configuração a ser aplicada usando Auto-RP:

RP-1

ip pim send-rp-announce Loopback0 scope 32
ip pim send-rp-discovery Loopback0 scope 32

RP-2

ip pim send-rp-announce Loopback0 scope 32
ip pim send-rp-discovery Loopback0 scope 32

O exemplo abaixo mostra a saida dos comandos "show ip pim rp" e "show ip pim rp mapping".  Neste exemplo todos os grupos usam como RP o IP 20.0.0.3. Este IP é escolhido como RP pelo MA (mapping agent) porque ele tem o maior endereço IP.

Router# show ip pim rp
Group: 224.128.1.1, RP: 20.0.0.3, v2, v1, uptime 00:03:01, expires 00:02:50
The RP has now changed to 20.0.0.3

Router# show ip pim rp mapping
PIM Group-to-RP Mappings
Group(s) 224.0.0.0/4
RP 20.0.0.3 (?), v2v1
Info source: 20.0.0.2 (?), via Auto-RP
Uptime: 00:22:08, expires: 00:02:40

chrisduarte Wed, 11/16/2011 - 08:51

Boa tarde,

Henrique, quando usar PIM sparse Mode?

Um abraço

hereis Wed, 11/23/2011 - 07:57

Christopher Duarte,

O PIM Sparse Mode é o modo padrão para implementações Multicast corporativo. O PIM Dense mode hoje é mais utilizado para desenvolvimento de novas aplicações.

Lembrando que voce habilita a escolha do tipo por interface.

Para habilitar no roteador/switch

conf t

ip multicast-routing

int X/X

ip pim sparse-mode

Abraços,

Henrique Reis

santos.eduardo Thu, 11/17/2011 - 10:45

por favor gostaria de saber da aplicabilidade do PIM e IGMP quando usar um e outro dentro de um core IP

hereis Wed, 11/23/2011 - 08:01

Eduardo,

O IGMP é usado pelos hosts/PC para notificar a entrada ou saida de um Grupo Multicast pela mensagem de IGMP-Rport ou IGMP-Leave. O gateway do host/PC constroe uma tabela IGMP com essa informação.

Sobre o PIM esse é usado pelos equipamentos de rede para a construção da topologia Multicast, do ponto de origem para os host interessados naquele trafego Multicast.

Para isso se usa o PIM sparse Mode ou o PIM dense mode, onde o PIM sparse é o metodo mais utilizado.

Abs,

Henrique Reis

Actions

Login or Register to take actions

This Discussion

Posted November 7, 2011 at 6:25 AM
Stats:
Replies:10 Avg. Rating:4.79167
Views:2252 Votes:1
Shares:0