This discussion is locked

UCS Blade Server

Unanswered Question
Dec 1st, 2011

com Victor da Costa

Leia a biografia

Bem vindo à discussão na CSC em Português. Esta é sua oportunidade de aprender e fazer todas as perguntas que queira sobre UCS Blade Server.

Formado em Ciência da Computação, Victor da Costa conta com mais de 6 anos de experiência na área de Data Center. Certificado CCDA, CCNA, CCNP, VCP3, VCP4, VCAP-DCD (Advanced Data Center Design) e comptia Linux+. Possui experiência profissional com servidores, sistemas operacionais BSD/Linux/Unix, virtualização, storage, balanceadores de carga, redes e switching em ambientes de Data Center ( *STP / ISL / DCB / vPC+ / LACP ).

Atualmente compõe a equipe de Latam TAC – Data Center da Cisco.


Por favor use as estrelas para qualificar  as respostas e assim informar ao especialista que ele já respondeu adequada e satisfatoriamente sua pergunta.

Pode ser que Victor não consiga responder a cada uma das perguntas devido à quantidade que pode vir a receber. Relembramos que se houver qualquer pergunta que não esteja dentro do tema proposto, por favor a coloque no fórum adequado à ela.

Este evento estará aberto até o dia 14 de dezembro de 2011.

Visite esta discussão frequentemente para conferir as respostas às suas perguntas.

I have this problem too.
0 votes
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
Average Rating: 4.2 (13 ratings)
hesouza Thu, 12/01/2011 - 05:24

parabéns pela iniciativa de colocar o tema UCS em pauta.

sousa.marcelo Thu, 12/01/2011 - 11:31

É possível realizar a instalação do ESX ou qualquer outro OS num "blade server" sem a utilização do KVM, ou seja, tendo apenas mouse, teclado e um drive de CD?

Obrigado,

Marcelo

vicdacos Fri, 12/02/2011 - 06:52

Oi Marcelo,

Sim, é possível. No entanto, você precisa do "dongle" que vem junto com a "blade" (normalmente ao menos uma por chassis). Esse "dongle" possui entrada para monitor, 2 USBs e uma serial (DB9). Com ele, você pode conectar um drive de CD via USB e instalar localmente o seu OS.

Certifique-se de que o CD-ROM está configurado como o primeiro dispositivo para boot, ou durante o boot, pressione F6 para selecionar manualmente.

Obrigado,
Victor da Costa

santos.eduardo Fri, 12/02/2011 - 09:49

Bom dia,

Tenho um par de FIs e preciso mudar o IP deles. Gostaria de saber se preciso reiniciar as configurações ("initial setup"), ou se há uma maneira de ajustar as configurações?

Eduardo

vicdacos Mon, 12/05/2011 - 10:45

Olá Eduardo,

É possível alterar sim, lembrando que o acesso à gerência ficará temporariamente indisponível durante a execução do procedimento.

1. conectar-se à porta Console de cada FI com a conta de administrador (admin).

2.  descubra qual FI é o secundário, com o comando:
     show cluster state

3. a partir do FI secundário (conexão via Console):
     scope fabric-interconnect [a/b]

4. configure os novos parâmetros IP:
     set out-of-band ip [novo-IP] netmask [nova-máscara] gw [novo-gateway]
     commit-buffer

* Se a máscara e o gateway forem permanecer o mesmo, eles podem ser omitidos do comando acima.
* Neste ponto você já deve ser capaz de pingar o novo IP de gerência, considerando que a interface de gerência upstream está configurada corretamente e pertence a VLAN correta

5. Repita os passos para o FI primário (a partir da conexão à Console)

6. Configure o novo IP virtual (VIP):
  scope system
     set virtual-ip x.x.x.x
     commit-buffer 

7. Teste a conectividade para cada IP e para o VIP

8. Qualquer problema que tiver, pode utilizar a conexão à Console para corrigir qualquer eventual erro sem impacto sobre o tráfego. Apenas o acesso ao UCSM será interrompido.

Obrigado,

Victor da Costa

dsobrinho Fri, 12/02/2011 - 11:16

Boa tarde Victor,

Parabéns pela inciativa.

Gostaria de um esclaricimento a respeito do suporte a vMotion. É possível para maquinas virtualizadas Cisco como CUCM 8.6?

Cordialmente

Daniel

vicdacos Mon, 12/05/2011 - 08:30

Olá dsobrinho,

Obrigado pela pergunta.

O suporte a vMotion é possível em ambiente CUCM, mas é importante verificar os requisitos necessários para o seu correto funcionamento.
Foram realizados testes de vMotion em conjunto com ligações, e não foram identificadas quedas de ligações durante o processo.

Maiores informações podem ser encontradas no link abaixo:

http://www.cisco.com/en/US/docs/voice_ip_comm/cucm/virtual/servers.html

Obrigado,

Victor da Costa

bruno rangel Sat, 12/03/2011 - 07:37

Ola gostaria de saber exatamente qual o conceito do UCS.

Em um ambiente de UCS o que pode ser instalado, qual a capacidade?

ruitaveira Mon, 12/05/2011 - 03:48

Bom dia,

Neste momento temos uma solução de UCS em produção, composta por 4 chassis e 2 FI.

Temos várias faults registadas, todas elas com a mensagem "Virtual interface link state is down".

Todos os blades têm conectividade, e não há nenhum problema com os FEX ou com os uplinks.

Tem alguma idéia do que poderá ser?

Obrigado.

vicdacos Mon, 12/05/2011 - 06:11

Olá Rui,

Obrigado por enviar sua pergunta.

Não possuímos informações sobre a versão de software que você está executando, mas por experiência, acredito que você esteja se deparando com um BUG conhecido (CSCtt38889).

Como situação alternativa para remover estas mensagens, você pode efetuar um shut/no shut na vNIC.

Como solução definitiva, sugerimos que você efetua o upgrade do seu ambiente, e caso você esteja preocupado, e queira mais informações ou ajuda sobre como proceder, sugiro que você efetue a abertura de um chamado no TAC.

Obrigado,

Qualquer dúvida, estou à disposição.

ruitaveira Mon, 12/05/2011 - 07:39

Realmente esqueci-me de mencionar que estou a usar a versão 2.0(1q).

Verifiquei o bug e vou fazer o upgrade.

Obrigado pela ajuda.

KleberMuniz Mon, 12/05/2011 - 09:29

Olá Vitor,
Estou montando um projeto e acho que você pode me ajudar:

Existe alguma restrição quanto ao uso de cabos Twinax?
Para padronização, estou pensando em utiliza-lo em toda solução, se possível até utiliza-los na ligação com o Storage que tem suporte a FoE.

Em vários desenhos, vejo que se utiliza um Nexus 5000 para conexão entre os servidores e a rede. Eu consigo subir um ambiente sem esse equipamento, somente com um 6120XP?
Começarei com 1 Chassi cheio (4 B250) com 2 fabric extenders com previsão de adionar 1 chassi cheio por ano.

vicdacos Mon, 12/05/2011 - 10:40

Olá Kleber,

Estas dúvidas são muito comuns com relação aos cabos Twinax e a conectividade do Fabric Interconnect.

Respondendo as sua perguntas:

1- O twinax é padrão SFP+, podendo ser utilizado para conexão entre os equipamentos que suportam este padrão.

2- O Fabric Interconnect suporta conexões diretas à targets FCOE (Storage), com a porta configurada como FCOE Storage Port.

3- O Fabric Interconnect suporta conexões diretas à targets Ethernet (Filers), com a porta configurada como Appliance Port.

Alguns pontos que devem ser considerados ao decidir sobre os cabos Twinax:

- A distância (atual/futura) entre os equipamentos pode ultrapassar 10M (suporte atual) ?

- A porta onde ele será conectado suporta 10G ?

- A CNA (Servidor/storage) utilizada suporta este tipo de SFP/Cabeamento ?

Como referência para consulta dos SFP's suportados pelos equipamentos Cisco, você pode utilizar o link abaixo:

http://www.cisco.com/en/US/docs/interfaces_modules/transceiver_modules/compatibility/matrix/OL_6974.html

Com relação ao storage/outro dispositivo, recomendo verificar o suporte no site do fabricante.

NOTA: É preciso executar o Fibre Channel em modo switch para que seja possível conectar dispositivos storage diretamente no Fabric Interconnect - http://www.cisco.com/en/US/docs/unified_computing/ucs/sw/gui/config/guide/1.4/UCSM_GUI_Configuration_Guide_1_4_chapter5.html#task_A33D13CA58924EB1AD35EBA473B92625

Obrigado,

Victor da Costa

josearoeira Thu, 12/08/2011 - 10:49

Oi Victor

Gostaria de saber se para habilitar Jumbo Frames basta configurar o MTU da vNIC?

Obrigado,

José Aroeira

vicdacos Tue, 12/13/2011 - 06:11

Olá José,

Obrigado pela pergunta.

Para o funcionamento correto do Jumbo Frame certifique-se de configurar também uma política de QoS que permita Jumbo Frames:

1. No painel de navegação, selecione a aba "LAN"
2. Dentro da aba "LAN", expanda "LAN Cloud"
3. Selecione um  "QoS System Class"
4. No painel "Work", selecione a aba "General"
5. Atualize ao menos política com suporte a Jumbro Frame através do 'drop-down' MTU
6. Conecte via console e verifique conforme o exemplo abaixo

UCS-A(nxos)# show policy-map system type network-qos

Type network-qos policy-maps
===============================
policy-map type network-qos system_nq_policy
   class type network-qos class-platinum
     match qos-group 2
     mtu 1500
     pause drop

   class type network-qos class-silver <<<<<<<<< só se aplica para a QoS System Class configurada
     match qos-group 4
     mtu 9000  <<<<<<<<<<<<<
  
class type network-qos class-default
     mtu 1500

Atenciosamente,
Victor da Costa

manoelalmeida Tue, 12/13/2011 - 06:46

Boa tarde Victor,

Gostaria de saber qual é a quantidade máxima de VLANs suportadas pelo UCS?

Obrigado desde já,

Manoel

vicdacos Tue, 12/13/2011 - 07:10

Olá Manoel,

Na versão atual do UCS (2.0), é suportado até 1024 VLANs ativas, lembrando que as VLANs 3968 até 4048 são reservadas e não podem ser utilizadas.

Caso queira obter mais informações sobre as configurações máximas, segue link com tabela de referência:

http://www.cisco.com/en/US/partner/docs/unified_computing/ucs/sw/configuration_limits/2.0/b_UCS_Configuration_Limits_2_0.html

Obrigado,

Victor da Costa

soaresrodrigo Tue, 12/13/2011 - 08:51

Boa tarde Victor,

Como são mapeadas as portas, no IOM, no sentido dos servidores para o Fabric Interconnect?

Valeu pela ajuda,

Rodrigo

vicdacos Tue, 12/13/2011 - 09:13

Olá Rodrigo,

O mapeamento das portas do servidor para o Fabric Interconnect é feita de forma automática.

Se o número de links do Fabric Extender (IOM) para o Fabric Interconnect for apenas um, então é feito um "pinning" de todas as 8 portas para esse link. Se houverem dois links do Fabric Extender (IOM) para o Fabric Interconnect, então é feito um "pinning" das portas 1, 3, 5, 7 para o primeiro link e das portas 2, 4, 6, 8 para o segundo link. Finalmente, se houverem quatro links do Fabric Extender (IOM) para o Fabric Interconnect, então é feito um "pinning" das portas 1 e 5 para o primeiro link, das portas 2 e 6 para o segundo link, das portas 3 e 7 para o terceiro link e das portas 4 e 8 para o quarto link. Lembre-se de que uma topologia com 3 links não é suportada no UCS.

Caso não tenha ficado muito claro, o video abaixo exemplifica este tipo de cenário:

https://supportforums.cisco.com/videos/3085

Obrigado,

Victor da Costa

josearoeira Tue, 12/13/2011 - 09:38

Olá Victor,

Aproveitando a resposta oferecida acima, e se o Fabric Extender (IOM) estiver conectado ao Fabric Interconnect utilizando 4 links e um desses links falha, o que acontece (uma vez que pinning com 3 links não é suportada)?

Obrigado,

José

vicdacos Tue, 12/13/2011 - 10:07

Olá José,

As interfaces dos servidores afetadas ou vão perder conectividade ou fazer "failover" para o outro Fabric Extender (IOM)/Fabric Interconnect, dependendo de se essas interfaces estão criadas como interfaces em alta disponibilidade ("HA interfaces").

Seguem algumas considerações sobre as interfaces:

- As CNAs com chip Menlo (Qlogic/Emulex/Cisco) possuem a capacidade de fazer failover de interfaces Ethernet, se configuradas para tal.

- As novas gerações de CNAs (Qlogic/Emulex/Intel/Broadcom) não possuem o chip Menlo e portanto não possuem tal capacidade.

As Interfaces Fibre Channel para as quais foi feito um "pinning" para um link do Fabric Extender (IOM) que falhou irão falhar igualmente e sua alta disponibilidade depende puramente do driver de "multipath" do lado do host.

Se não houver configuração de redundância em hardware/software (nicteam/multipath) para as interfaces, os servidores mapeados para o link que falhou irão perder a conectividade, enquanto os  servidores mapeados para os outros 3 links continuarão funcionando normalmente. Caso o link que caiu seja restabelecido, e não tenha sido realizado um re-acknowledge do servidor/chassis em estado de falha, este retornará a operação normalmente, e o estado do link passará para ativo nos servidores mapeados (pinning) para o uplink.

Com objetivo de evitar este tipo de situação, as placas da nova geração suportarão conexão port-channel entre o Fabric Interconnect e o IOM (FEX), fazendo com que o status seja alterado para "down" somente após a perda de todos os links.

Nota: Não é realizado failover para interfaces HBA, sendo necessário software que realize "multipath" no sistema operacional.

Obrigado,

Victor da Costa

josearoeira Wed, 12/14/2011 - 03:33

Muito obrigado Victor,

E como eu faço esse re-pinning manual?

vicdacos Wed, 12/14/2011 - 08:52

Olá José,

Basta mudar a política de 4 para 2 links e aplicar um "re-acknowledge" do chassis. Assim, todos os servidores terão suas conexões redistribuidas entre dois links funcionais. A desvantagem é a perda de banda pois agora ao invés de 3 links, há apenas 2 links.

Nota: Este processo de "re-acknowledge" é disruptivo.

Obrigado,

Victor da Costa

Actions

Login or Register to take actions

This Discussion

Posted December 1, 2011 at 1:57 AM
Stats:
Replies:24 Avg. Rating:4.22222
Views:3335 Votes:0
Shares:0

Related Content