vPC+

Um dos grandes recursos que os switches Nexus 7000/5000/2000 trazem é o vPC. Esse feature já é largamente divulgado e utilizado.

Trata-se da possibilidade de criar port-channels entre um dispositivo qualquer e um par de Nexus (idênticos), que atuaram como um único dispositivo (data plane) do ponto de vista do tráfego que passa por esse port-channel.

Já que conhece FabricPath, sabe que trata-se de uma nova tecnologia para encaminhamento L2, sem a desvantagem do Spanning Tree de perda de banda devido ao bloqueio de portas, consequência do mecanismo inerente ao mesmo para evitar loops.

O FabricPath utiliza o conceito de Swith IDs para “rotear“ os frames entre os membros da malha FabricPath.

No entando, surge um problema quando tenta-se utilizer essas duas tecnologias juntas.

Vamos explorar esse problema e melhoria incluída no vPC, chamada vPC+.

Problema interoperação do vPC com o FabricPath:

O problema surge pois o vPC não cria um Switch ID para o vPC Domain, ou seja, embora agindo como um único dispositivo para o port-channel, cada um dos nexus mantém seu próprio Switch ID. Assim, o dispositivo que precisa encaminhar os frames de volta para o par de Nexus não sabe para qual encaminha, pois em sua Tabela MAC muda constantemente entre os valores dos Nexus.

vpc+1.jpgFigura 1. Problem de encaminhamento com vPC em uma rede FabricPath

Isso gera problemas de performance e até mesmo perda de pacotes.

vPC+:

Na versão 5.1(3)N1(1) do NX-OS, é criado um Switch ID virtual para o vPC Domain. Ou seja, na malha FabricPath os Nexus passam a divulger esse Switch ID virtual para os dispositivos participantes do vPC. O Switch ID não ira mudar constantemente na Tabela MAC e a decisão de qual perna do vPC utilzar fica a cargo do algoritmo de balanceamento do port-channel.

vpc+2.jpg

Figura 2. vPC+ em uma rede FabricPath

Histórico de versão
Revisão #
1 de 1
Última actualização:
‎11-07-2013 08:03 AM
Actualizado por:
 
Etiquetas (1)